Pesquisas em andamento na Lagoa Misteriosa

A Lagoa Misteriosa, atrativo em Jardim (MS), que encanta pelas águas cristalinas e profundidade desconhecida, iniciou o ano com pesquisas sendo realizada nesse cenário intrigante.

No dia 17 de fevereiro, o Prof. Dr. Augusto Giaretta, Curador do Herbário DDMS, da Faculdade de Ciências Biológicas e Ambientais – FCBA e Universidade Federal da Grande Dourados – UFGD, acompanhados pelas alunas Regiane e Monique estiveram no local para colher dados para a pesquisa “Composição florística e análise fitossociológica de macrófitas aquáticas da Lagoa Misteriosa, município de Jardim, Mato Grosso do Sul”.

Este trabalho objetiva realizar a análise fitossociológica da estrutura da comunidade, bem como um levantamento da composição florística das macrófitas aquáticas na Lagoa Misteriosa, visto que, comunidades de macrófitas aquáticas são importantes fontes de informação sobre o estado de conservação de corpos d’água.

Para a amostragem comunidade de macrófitas aquáticas, serão utilizadas parcelas de 1 x 1 m, posicionadas ao longo da margem sul da Lagoa Misteriosa e intervaladas por 1 m entre si. Será incluída toda cobertura vegetal na área de projeção vertical das parcelas até a profundidade de 1 m, para que possa ser feita a estimativa dos parâmetros de cobertura vegetal. O reconhecimento das espécies será realizado em campo ou em laboratório. As espécies serão classificadas em campo quanto à sua forma biológica. A previsão de término desta pesquisa é setembro 2022.

Segue abaixo as pesquisas em andamento na Lagoa Misteriosa:

Título: Composição de insetos aquáticos associados a macrófitas na Cavidade Natural Lagoa Misteriosa, Mato Grosso do Sul, Brasil

Resumo:
A entomofauna da Lagoa Misteriosa ainda não foi estudada a fundo, tendo sido associada principalmente a trabalhos envolvendo a floração de águas e identificação de outros grupos de espécies. Sendo assim, o trabalho visa objetivar a ecologia das espécies de insetos aquáticos presentes na Lagoa Misteriosa, onde será determinado a assembleia de insetos aquáticos associados ao banco de macrófitas aquáticas e verificar a influência de variações sazonais na composição dos insetos aquáticos neste ambiente lacustres. Esse estudo será de grande importância para desenvolver dados sobres os insetos aquáticos presentes na lagoa para pesquisas futuras e poderão ser utilizados para fins turísticos e de conservação ambiental do local.
Término: fevereiro 2023
Prof. Anderson Ferreira

Título: Variações Temporais na dieta de caracídeos na cavidade natural da Lagoa Misteriosa, Mato Grosso do Sul, Brasil

Resumo:
Características morfológicas, comportamentais, ontogenéticas e sazonais podem ser fatores determinantes para a dieta de espécies de peixes de pequeno porte. Alterações bióticas e abióticas podem ocasionar mudanças nos itens disponíveis para a dieta dos peixes. Sendo assim, o presente estudo terá como objetivo caracterizar a dieta de uma espécie de caracídeo na Cavidade Natural Lagoa Misteriosa, município de Jardim, Mato Grosso do Sul. O estudo verificará possíveis mudanças sazonais em sua dieta. Para isso, serão realizadas amostragens na Lagoa Misteriosa em dois diferentes períodos (com e sem floração de algas). Os itens alimentares serão analisados de acordo com os métodos volumétrico e de frequência de ocorrência e a dieta caracterizada através do Índice Alimentar (IAi%). Serão medidas variáveis físico-químicas da água como: turbidez, oxigênio dissolvido (OD), temperatura, turbidez, pH e a transparência. Será determinada a área da Lagoa e a vegetação de entorno. As variáveis físico-químicas da água serão ordenadas através da Análise de Coordenadas Principais (PCoA). As variações sazonais na dieta serão avaliadas através de análises de agrupamento apropriadas. Para verificar a diferença entre a dieta da espécie entre os períodos amostrados será realizada a Análise de Variância Multivariada Permutacional – PERMANOVA. O estudo será de suma importância e relevância, subsidiando dados e informações para futuras práticas de conservação da biodiversidade nesta região que apresenta exploração turística em razão às suas belezas cênicas.
Término: março 2023
Prof. Anderson Ferreira

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked